Movimentos de renovação política no Brasil

O engajamento da sociedade civil na era digital

Autores

  • Lígia de Morais Oliveira
  • Roberto Gondo Macedo

DOI:

https://doi.org/10.31990/agenda.2020.2.6

Resumo

O sistema político brasileiro, nos últimos anos, tem sido colocado em xeque por uma sociedade que se vê cada vez menos refletida nas decisões do governo. Desde 2016, movimentos suprapartidários de renovação política tem surgido com a proposta de qualificar líderes e trocar os quadros de representantes políticos do país. Em 2018, 13 membros dos movimentos Acredito, Agora e Livres foram eleitos, consolidando a atuação dos grupos pela via política institucional e incomodando atores políticos que viam os partidos como únicos bastiões da democracia eleitoral. A proposta do presente artigo é explorar essas novas formas de configuração da sociedade civil e os novos rumos das transformações sociais contemporâneas, estimulando um debate sobre as implicações práticas e políticas do surgimento e consolidação dos movimentos de renovação no Brasil.  

Downloads

Publicado

2020-07-16