Patrono x personalidade política: como estes personagens aparecem no Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral televisivo dos partidos PT e PSDB nas eleições presidenciais de 2002, 2006 e 2010 no Brasil

Autores

  • Camilla Quesada Tavares UEPG/Secal

DOI:

https://doi.org/10.31990/10.31990/agenda.ano.volume.numero

Resumo

Este trabalho pretende fazer uma análise sobre os personagens presentes no Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral (HGPE) televisivo dos principais partidos brasileiros, PT e PSDB, nos anos de 2002, 2006 e 2010. A hipótese principal é que a presença do patrono é explorada de maneira distinta nos programas dos partidos e esta é uma estratégia utilizada para construir a imagem do candidato. O objetivo do patrono é qualificar o candidato como a melhor opção para o eleitor votar, além de mostrar seus atributos pessoais. Também se parte do pressuposto de que as pessoas que apoiam o candidato tendem a aparecer em contextos onde não há patrono. A metodologia é a análise do discurso baseada nos estudos de Charaudeau (2008), apoiada pelo método quantitativo como uma forma de complementar a análise. O artigo é resultado da dissertação de mestrado da autora.

Downloads

Publicado

2014-05-24

Como Citar

TAVARES, C. Q. Patrono x personalidade política: como estes personagens aparecem no Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral televisivo dos partidos PT e PSDB nas eleições presidenciais de 2002, 2006 e 2010 no Brasil. Revista Agenda Política, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 10–46, 2014. DOI: 10.31990/10.31990/agenda.ano.volume.numero. Disponível em: https://www.agendapolitica.ufscar.br/index.php/agendapolitica/article/view/24. Acesso em: 23 fev. 2024.